ANOS DE TRADIÇÃO EM RECICLAGEM DE PAPEL NO BRASIL

Em uma antiga fábrica de cerâmica, que acabara de adquirir em meados de 1934, o visionário Sr. Ferruccio Celani, que já atuava no setor papeleiro do país desde 1920, projetou uma fábrica de papelão 100% reciclado na cidade de Valinhos.

Na época, o aquecimento global e sustentabilidade eram temas distantes da realidade e o papel que já havia sido utilizado era considerado lixo, o Cartonifício Valinhos foi uma das empresas pioneiras do ramo no Brasil.

O papel é muito valioso para ser desperdiçado.

A família Celani, desde o início do Cartonifício Valinhos, teve a preocupação com os recursos naturais utilizados pela indústria. A reutilização e a reciclagem do papel não apenas preservam as árvores, como também reduzem a poluição do solo, ar, água e acarreta na redução do volume de lixo descartado.

Com sua localização privilegiada, próximo às principais rodovias do país, hoje, a empresa recicla mensalmente cerca de 5000 toneladas de aparas dos tipos: Papelão Ondulado, Brancas I e Refile.

Outro diferencial do Cartonifício Valinhos é a verticalização de todo o processo produtivo, desde a fabricação do papel, para o papelão ondulado, até as caixas para embalagens, o que garante a nossos clientes flexibilidade e segurança no contínuo fornecimento de produtos com qualidade e pontualidade, através de sua logística reversa, onde o produto final retorna à empresa em forma de matéria-prima.

Missão:

Fornecer produtos reciclados de altíssima qualidade, buscando sempre compreender as necessidades dos nossos clientes e entregando a eles soluções eficazes através de constantes inovações tecnológicas.

Visão:

Ser modelo de produção sustentável de produtos reciclados, criando valor para clientes, acionistas, colaboradores, fornecedores e a comunidade.

Valores:

  • Tradição e qualidade;
  • Busca incessante de melhorias e inovações;
  • Respeito ao ser humano e ao meio ambiente.
  • Dedicação e honestidade.
  • Histórico
  • 2018

    Início da ampliação da nossa fábrica e nos certificamos ISO 9001.2015 através de auditorias realizadas pela Rina Brasil.

  • 2014

    Implantação da Caldeira de Biomassa.

  • 2013

    Adquirimos um moderno equipamento Slitter-scorer para nossa onduladeira que propicia um corte limpo permitindo um grande aprimoramento da qualidade do corte das chapas de papelão ondulado. Foi nesse ano também que com a implantação de uma gestão do meio ambiente, nos levou à certificação pelo FSC.

  • 2011

    Importamos uma nova máquina fabricadora de caixas corte vinco e no ano seguinte, adquirimos uma impressora do tipo flexo-folder-gluer de alta tecnologia com sistema de transporte a vácuo, e 4 cores.

  • 2010

    Investimos na ampliação da máquina fabricadora de papel e automatizamos vários processos de fabricação a fim de ganharmos eficiência e maior controle na utilização das matérias primas e insumos.

  • 2007

    Nos certificamos ISO 9001.2000 através de auditorias realizadas pela Fundação Carlos Alberto Vanzolini.

  • 2006

    Inauguramos um novo prédio para a cartonagem com uma nova onduladeira de alta produção e tecnologia, e uma segunda máquina flexo-folder-gluer.

  • 2005

    Adquirimos uma máquina corte-vinco rotativa de 3 cores, que possibilita a fabricação de caixas do tipo corte e vinco, ou seja, feitas com uma matriz.

  • 2000

    Colocamos em prática o projeto de entrar no setor de caixas de papelão com a importação de uma máquina flexo-folder-gluer, para produção de caixas do tipo maleta.

  • 1998

    Importa-se do Japão uma segunda onduladeira.

  • 1995

    Começa a produção de chapas de papelão com a aquisição de uma onduladeira.

  • 1975

    Inicia-se a montagem de uma nova máquina fabricadora de papel, hoje totalmente reformada e modificada para produzir papel miolo e papel capa (test-liner).

  • 1944

    É montada a primeira máquina produtora de papel da região, sendo papéis totalmente reciclados.

  • 1934

    Sr. Ferruccio Celani projeta a fábrica de papelão reciclado em Valinhos, numa antiga cerâmica que havia adquirido.